(12) 3897-2525

26/09/2018 - Propostas sobre meio ambiente, obras e mobilidade urbana são discutidas pela Câmara Jovem

A Câmara Municipal de Caraguatatuba realizou na tarde desta quarta-feira, a terceira sessão da segunda legislatura do Programa Jovem Legislador – A escola vai à Câmara.

Serena de Jong Orteney do Nascimento apresentou a indicação 01/2018, em que indica ao prefeito municipal, Aguilar Junior, o prolongamento da ciclovia da Av. Frei Pacífico Wagner até o cruzamento com a Rua Engenheiro João Fonseca.
“Realizando estudos sobre mobilidade urbana, verificamos que a cidade ao adotar este tipo de transporte irá obter excelentes resultados, principalmente no trajeto especificado, pois é um trecho muito perigoso para os usuários desse tipo de transporte”, justificou a propositura, a Jovem Vereadora.

Também de autoria da estudante, foi aprovado o requerimento 07/2018, que requer informações do Executivo, sobre as obras públicas que se encontram paralisadas no município. De acordo com Serena, o requerimento se baseia na preocupação com as obras que foram iniciadas e agora estão sendo danificadas pelas chuvas e pelo tempo de paralisação, acarretando prejuízos a toda a população.

Os Jovens Vereadores também aprovaram o requerimento da estudante Isabelly Domingues Costa dos Santos, que requer informação referente à ausência de lixeira em pontos importantes do município. Em sua propositura, a Jovem Parlamentar cita alguns locais, como a Praça Diógenes Ribeiro de Lima, vias do Centro da cidade, praias como a do Massaguaçu e pontos de ônibus.

Isabelly ressalta que Caraguá é um município turístico e referência em belezas naturais. Segundo ela, o poder público poderia se preocupar mais na distribuição de lixeiras pela cidade.

A pauta ainda teve a discussão e aprovação do projeto de lei 02/2018, de Isis Logatto Messias, que institui o Dia Municipal da Natureza, a ser comemorado anualmente no dia 04 de outubro, com o objetivo de promover a conscientização da importância da recuperação e manutenção do ecossistema.

Todas as propostas que passam pelo plenário durante as sessões do programa Jovem Legislador são encaminhadas ao Prefeito Municipal como sugestão.

 

Uso da Tribuna

Durante a sessão, a Jovem Vereadora Geovanna Ferreira Rabelo fez uso da palavra na tribuna e mostrou sua preocupação com o grande número de jovens e adolescentes que sofrem depressão. O tema já foi abordado em outras ocasiões pela estudante, que aproveitou e falou sobre o Setembro Amarelo, campanha de prevenção ao suicídio. “As pessoas não querem morrer, elas querem matar a dor, disse.

A Jovem Vereadora Suplente Ester Jesus Santana Amaral também abordou o assunto. Já Serena voltou a falar sobre as obras públicas do município.

Sophia Assef Cunha, Presidente da Câmara Jovem, em seu uso da tribuna, valorizou o trabalho realizado pelos educadores, pedindo respeito e sugerindo uma moção de aplausos aos profissionais.

O programa tem como objetivo oferecer aos estudantes do município lições de cidadania e democracia, com atividades legislativas simuladas, com diplomação e exercício de mandato parlamentar. A Câmara Jovem é composta por 15 estudantes titulares e 15 suplentes matriculados do 5º ao 9º ano do ensino fundamental, com idade máxima de 15 anos.

<< Voltar