(12) 3897-2525

26/11/2021 - Câmara é sede da abertura dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher

O plenário Benedicto Zacarias Arouca foi palco de abertura dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher. O evento, promovido pela Prefeitura de Caraguatatuba por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, segue até o dia 10 de dezembro (Dia Internacional dos Direitos Humanos) com uma série de atividades por toda a cidade.

O principal objetivo da campanha é mobilizar a população para uma realidade que ocorre diariamente com muitas mulheres, que na maioria das vezes desconhecem quais serviços devem procurar para interromper o ciclo de violência e como devem agir nestas situações. No evento de abertura a delegada da mulher de Caraguatatuba, Patrícia Casanova Crivochein palestrou sobre o tema “Os tipos de violência contra a mulher”.

Para o presidente da Câmara, vereador Tato Aguilar (PSD), destacou a importância de se promover eventos como este no município. “Sabemos que este é um tema que infelizmente está presente em muitos lares de nossa cidade, por isso, é muito valoroso estes 16 dias de ativismo para levar informação à sociedade. Nós, aqui da Câmara Municipal, estamos sempre de portas abertas para este tipo de evento e dispostos a contribuir com leis que efetivamente possam tentar diminuir a violência contra as mulheres”.

Também participaram do evento o vice-prefeito José Ernesto Servidei, a primeira-dama Samara Bastos Aguilar, os vereadores Jair Silva, Vera Moraes, Dé Construtor, secretários e representantes da sociedade civil.

O que é? 

Os 16 Dias de Ativismo começaram em 1991, quando mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (CWGL), iniciaram uma campanha com o objetivo de promover o debate e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo. A data é uma homenagem às irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa, conhecidas como Las Mariposas, assassinadas em 1961 por integrarem a oposição ao regime do ditador Rafael Trujillo, na República Dominicana.

Programação completa:

– Dia 26 (sexta): 8h às 14h – Divulgação e orientação nas secretarias da Fazenda, Administração e Gabinete; 9h às 11h – Sensibilização e orientação na Praça Cândido Mota – Centro;

– Dia 29 (segunda): 8h às 14h – Divulgação e orientação nas secretarias de Comunicação, Turismo e Urbanismo; 9h às 11h – Sensibilização e orientação nos comércios do centro da cidade;

– Dia 30 (terça): 8h às 14h – Divulgação e orientação nas secretarias de Esportes e da Pessoa com Deficiência e do Idoso;

– Dia 1º (quarta): 8h às 14h – Divulgação e orientação nas secretarias de Serviços Públicos, Planejamento e Habitação; 9h às 12h – Oficina no Ciam, com o tema: Respeite as Minas;

– Dia 2 (quinta): 8h às 14h – Divulgação e orientação nas secretarias de Obras Públicas e Assuntos Jurídicos e na Câmara; 9h às 12h – Grupo socioeducativo no Ciam, com o tema: Girl Power;

– Dia 3 (sexta): 8h às 14h – Divulgação e orientação nas secretarias de Meio Ambiente e Saúde; 9h às 12h – Orientações (Dia do Autocuidado) no Ciam; 9h às 17h – Roda de Conversa no Ciapi, com o tema: PcD por um dia – Ser mulher PcD convivendo com minhas limitações;

– Dia 4 (sábado): 14h às 19h – Fórum LGBTQI+ Litoral Norte: Palestra ‘Sexualidade e Gênero’, Roda de conversa com mulheres transexuais, travestis, lésbicas e bissexuais e Apresentações de Shows de Drags Queens;

– Dia 6 (segunda): 9h às 11h – Dia do Laço Branco – Roda de Conversa: Desconstruindo o Machismo na Fundacc com participação de diversas autoridades municipais;

– Dia 7 (terça): 9h às 14h – Divulgação e orientação nos Cras Massaguaçu e Getuba;

– Dia 8 (quarta): 9h às 14h – Divulgação e orientação nos Cras Centro e Norte;

– Dia 9 (quinta): 9h às 14h – Divulgação e orientação nos Cras Sul e Barranco Alto;

– Dia 10 (sexta): 13h30 às 17h30 – Enceramento da Campanha com o 3º Fórum “Vigilância as Violências” – Tema: O itinerário da mulher x O ciclo de violência frente ao trabalho articulado em rede – Fundacc.

 

 

 

<< Voltar