(12) 3897-2525

10/02/2021 - Vereadores defendem ampliar categorias de prioridade para vacinação contra COVID-19

A ampliação nas categorias de prioridade para a vacinação contra a COVID-19 em Caraguatatuba foi tema de discussão na segunda sessão ordinária da Câmara Municipal na noite de terça-feira(09).

Celso Pereira (PSDB), por exemplo, defende que os profissionais de educação sejam incluídos no programa de imunização tendo em vista a retomada das aulas presenciais na rede municipal de ensino. “Acredito que ainda é preciso tomar cuidado com esta doença e, abrir as escolas neste momento, é imprudência. Peço para que pensem nos funcionários da educação como prioridade para esta vacinação, assim como os profissionais da saúde”, disse Celso Pereira.

O vereador Oswaldo Pimenta de Melo Neto, o China, também destacou a importância de se incluir as pessoas com deficiência no Plano Nacional de Imunização (PNI). “Não existe uma linha falando sobre a vacinação deste público que eu acredito também ser prioritário. É preciso fazer com que o Ministério da Saúde inclua esta categoria no Plano Nacional”, frisou China.

Aguinaldo Butiá falou também de acrescentar os profissionais das forças de segurança. “Além dos professores os policiais militares e os bombeiros também merecem ser imunizados tendo em vista que atuam na linha de frente da segurança pública atendendo a ocorrências diariamente”, finalizou.

<< Voltar

10/02/2021 - Vereadores defendem ampliar categorias de prioridade para vacinação contra COVID-19

A ampliação nas categorias de prioridade para a vacinação contra a COVID-19 em Caraguatatuba foi tema de discussão na segunda sessão ordinária da Câmara Municipal na noite de terça-feira(09).

Celso Pereira (PSDB), por exemplo, defende que os profissionais de educação sejam incluídos no programa de imunização tendo em vista a retomada das aulas presenciais na rede municipal de ensino. “Acredito que ainda é preciso tomar cuidado com esta doença e, abrir as escolas neste momento, é imprudência. Peço para que pensem nos funcionários da educação como prioridade para esta vacinação, assim como os profissionais da saúde”, disse Celso Pereira.

O vereador Oswaldo Pimenta de Melo Neto, o China, também destacou a importância de se incluir as pessoas com deficiência no Plano Nacional de Imunização (PNI). “Não existe uma linha falando sobre a vacinação deste público que eu acredito também ser prioritário. É preciso fazer com que o Ministério da Saúde inclua esta categoria no Plano Nacional”, frisou China.

Aguinaldo Butiá falou também de acrescentar os profissionais das forças de segurança. “Além dos professores os policiais militares e os bombeiros também merecem ser imunizados tendo em vista que atuam na linha de frente da segurança pública atendendo a ocorrências diariamente”, finalizou.

<< Voltar

10/02/2021 - Vereadores defendem ampliar categorias de prioridade para vacinação contra COVID-19

A ampliação nas categorias de prioridade para a vacinação contra a COVID-19 em Caraguatatuba foi tema de discussão na segunda sessão ordinária da Câmara Municipal na noite de terça-feira(09).

Celso Pereira (PSDB), por exemplo, defende que os profissionais de educação sejam incluídos no programa de imunização tendo em vista a retomada das aulas presenciais na rede municipal de ensino. “Acredito que ainda é preciso tomar cuidado com esta doença e, abrir as escolas neste momento, é imprudência. Peço para que pensem nos funcionários da educação como prioridade para esta vacinação, assim como os profissionais da saúde”, disse Celso Pereira.

O vereador Oswaldo Pimenta de Melo Neto, o China, também destacou a importância de se incluir as pessoas com deficiência no Plano Nacional de Imunização (PNI). “Não existe uma linha falando sobre a vacinação deste público que eu acredito também ser prioritário. É preciso fazer com que o Ministério da Saúde inclua esta categoria no Plano Nacional”, frisou China.

Aguinaldo Butiá falou também de acrescentar os profissionais das forças de segurança. “Além dos professores os policiais militares e os bombeiros também merecem ser imunizados tendo em vista que atuam na linha de frente da segurança pública atendendo a ocorrências diariamente”, finalizou.

<< Voltar